Reiki para a tristezaEstás triste? Pratica Reiki!
O Reiki para a tristeza é como o sol para um dia de chuva. Podemos considerar a tristeza como algo húmido, pesado, que se reflecte em nós com ombros descaídos, peito para a frente, peso, cabeça baixa, olhar vazio e alguma apatia. A tristeza pode ser uma consequência emocional ou apenas um estado provocado pela mudança de estação e consequente redução da iluminação.
Para tratarmos a tristeza com Reiki podemos pensar numa solução simples – autotratamento completo com a recita dos cinco princípios. E o assunto pode estar resolvido.
Mas, se quisermos ter uma outra perspectiva, compreendendo a energia do nosso corpo, podemos querer olhar e aprofundar o estado de determinados, chakras, órgãos e áreas do nosso corpo. Por exemplo, devemos observar o chakra da coroa, a terceira visão, os pulmões, coração, fígado e chakra esplénico.

Reiki para a tristeza

Chakra da coroa

Tratar o chakra da coroa vai fortalecer o cérebro, pacificar o espírito, clarear a mente e estabilizar a vontade. Permitirá a manutenção do fluxo de energia que vem de cima auxiliando um estado de espírito mais positivo.

Chakra da terceira visão

Uma mão à frente e outra na nuca. O fluxo de Reiki irá auxiliar as glândulas presentes, principalmente a pineal que regula a melatonina que regula o sono e os estados de espírito. O equilíbrio da pineal, irá auxiliar a deixar o estado letárgico.

Pulmões

Os pulmões são responsáveis por levar o oxigénio ao corpo e expelir o ar com dióxido de carbono. Uma respiração equilibrada e revigorante é importante. Se notarem, quando se está num estado de tristeza ou depressão, a respiração é muito baixa e inconstante. Por vezes surgem suspiros, uma tentativa dos pulmões oxigenarem mais o corpo e o cérebro mas nem sempre eficiente. Os pulmões são também responsáveis por trazer o “novo” e deixar ir o “velho”. Quando a energia dos pulmões está fraca, pode vir a doença.
Lembram-se quando colocam as mãos na parte superior do peito e se sentem reconfortados? Façam isso, deixem fluir Reiki para essas zonas, não se preocupem pois braços cruzados fazem fluir Reiki à mesma.

Coração

O coração é a nossa residência do espírito. Se o coração tem pouca energia, a tristeza pode surgir. Cuidem bem do coração pois é o nosso centro energético para o Reiki, para o fluir do amor incondicional.

Fígado

O fígado tem também muita influências nos nossos humores. Excesso de energia no fígado irá promover a raiva, a agressividade, deficiência de energia irá produzir o medo. O seu equilíbrio é importante para também não afectar o coração que poderá já estar sensível.

Chakra esplénico

No chakra esplénico temos os nossos objectivos de vida, a alegria, criatividade, liberdade. Se deixarmos a sua energia ir a baixo, então não teremos força suficiente para agarrarmos a vida com a energia suficiente, nem alegria para balançarmos e relativizarmos a tristeza.
Além destes locais de tratamento, podemos também contemplar o enraizamento, o colocarmo-nos no aqui e agora.
Tomem também uma postura positiva perante a vida. Passeiem, caminhem, façam esforço físico, absorvam bom oxigénio e libertem o vosso peso interior. Se o Reiki é bom para a tristeza? Vale a pena experimentar e deixar fluir.

Fonte: http://www.associacaoportuguesadereiki.com/reiki/reiki-em-portugal/2014/06/08/reiki-para-tristeza/